Sci Fi no Cinema

11 Filmes de Ficção Científica Para Sempre (Re) Ver

A Capitã Lady Sybylla do Momentum Saga fez uma lista de seus 10 filmes de ficção científica preferidos. E, como os leitores e as leitoras do Cabaré das Ideias bem sabem, sou um lista-dependente como o Rob Gordon de Alta Fidelidade. Como estou numa micro-férias, decidi também fazer a minha, já que um dos aspectos bons de ter um blog é este: deu na telha, escreve o que tá querendo e pronto! E fiz uma lista de 11 filmes só porque sou um “robgordaniano” que não consegue deixar de fora coisa boa (ao menos na própria opinião).

Blade.Runner.-vista-area-ciudad

Los Angeles, 2019, em Blade Runner.

Essa lista é eclética. A maioria são clássicos do cinema de ficção científica. Muita produção estadunidense, mas tem coisa boa também da Inglaterra e África do Sul, além de diretores do México. Da ficção científica de terror (como Extermínio) até a mais introspectiva e reflexiva (Outra Terra). Não é uma lista que aponta qual o melhor, mas está aleatória, mas devo confessar que Blade Runner seria o primeiro da lista porque é o primeiro da lista de meus filmes preferidos.

Extermínio

Dirigido por Danny Boyle, “Extermínio” (28 days later) pode até ser um “típico” filme de zumbi, mas é um filme interessante pela dinâmica característica de Danny Boyle na direção. As metáforas estão todas lá: desagregação social diante da devastação biológica, mas a perversidade humana encontra-se firme e forte e, no caso, não estou falando dos zumbis e sim dos vivos.

Filhos da Esperança

“Filhos da Esperança” (Children of Men) de Alfonso Cuarón foi uma grata surpresa quando o assisti. É um filme bonito e que, realmente, trata da esperança. O cenário do filme é desolador: há anos não nascem mais crianças e, num mundo sem crianças, onde reside a esperança do restante das pessoas? Caramba, que premissa fantástica. Mais fantástico ainda foi mostrar de onde e de quem vem novamente a esperança. Metáfora espetacular.

O Planeta dos Macacos (original e “nova versão”)

Vou confessar que O Planeta dos Macacos é um dos filmes de ficção científica mais fabulosos que assisti e não tinha como não constar nessa lista. Mas aqui tenho de fazer um comentário sobre sua inclusão: embora o clássico de 1968 seja aquele que figura nas nossas mentes (e aquele final apoteótico, hem?!), essa “nova versão”, contando a origem d’O Planeta dos Macacos tem um dos melhores personagens sci fi (em minha opinião): Ceasar, o primeiro Legislador. Caramba, Andy Serkins arrebenta na sua interpretação. Tanto o clássico quanto essa nova versão figuram fácil na minha lista.

Inimigo Meu

Há filmes e filmes que povoam a memória de quem assistia Sessão da Tarde na Rede Globo. E dois me fazer sofrer uma verdadeira viagem no tempo: “Curtindo a vida adoidado” e “Inimigo Meu”. E este último, meus caros e minhas caras, é um dos melhores filmes de ficção científica que pude assistir. Acredito que não há exemplo maior de honra e lealdade retratados no cinema do que neste filme. E confesso que fico “suando pelos olhos” toda vez que o Conselho Drak surge ao final do filme.

Matrix

Quando terminei de assistir Matrix no cinema em 1999 já concluí que aquele seguramente estaria no top 10 da maioria dos fãs de ficção científica. Os Wachowski conseguiram neste filme todo o necessário para figurar nessa lista: é a típica jornada do herói refletida por Joseph Campbell. Fantástico!

O Enigma do Outro Mundo

Tá loco com esse filme! John Carpenter fez um filme lovecraftiano sem citar Lovecraft. Aqueles e aquelas que comparam “The Thing” com Alien desconhecem, pelo visto, a verdadeira fonte (de horror) que inspirou esse filme. Dizem que o filme é “datado” por seus efeitos, mas eu discordo: aquele pânico na instalação de pesquisa não tem nada de datado. Merece muito figurar nessa lista.

Alien

Ninguém escuta você gritar no espaço. OK. Diante dessa frase, que anunciava o filme Alien em Tela Quente, não precisa dizer muito mais coisa sobre o clima do filme, né? Outro filme de ficção científica fortemente lovecraftiano e com um diferencial: uma das melhores personagens da história da ficção científica, Ellen Ripley. O filme é sufocante e assustador. Ridley Scott mandou muito bem!

A Origem

Qual o limite da nossa percepção da realidade? E como podemos delimitar com clareza o limite entre o sonho e o despertar? A Origem (Inception) nos traz essas questões, entre inúmeras outras e Christopher Nolan, para variar, não facilita nem um pouco a clareza do final do filme. Melhor: um filme com essa proposta de expansão da consciência demanda reflexão para depois do “The End”. A Origem é um dos melhores filmes de ficção científica “psicológica”, um dos meus gêneros preferidos, seja no cinema ou na literatura sci fi.

Distrito 9

Uma das ficções científicas recentes e de excelente conteúdo e direção. Distrito 9 é um filme sul africano e é um filme que fala sobre segregação. E se na história da África do Sul a segregação racial foi uma política de Estado, em Distrito 9 temos outra segregação, mas de espécies sencientes. Distrito 9 poderia (e acho que é) um misto de ficção e documentário. É um filme que deveria constar nos curriculos escolares mundo a fora, ainda mais diante de um momento de ressurgimento da extrema Direita e suas propostas racistas.

Interestelar

Interestelar é um filme sobre ciência e sobre quem é apaixonado por ciência. Ao menos é assim que gosto de definir esse filme de Christopher Nolan. Excelente!

Blade Runner

Blade Runner é meu filme preferido, seja de quem gênero for do cinema. A direção de Ridley Scott é primorosa, a direção de arte e fotografia também, bem como as atuações, roteiro adaptado e a trilha sonora. Blade Runner é perfeito, se é que é possível a perfeição no cinema (e se há, está neste filme).

Anúncios

6 pensamentos sobre “11 Filmes de Ficção Científica Para Sempre (Re) Ver

  1. Pô, Jedi! Morro preto, mas você não coloca “2001 uma odisseia no espaço” nas tuas listas de filmes de Ficção Científica! (risos) Queria até ler o que cê tem contra essa obra prima que pra mim é melhor que Blade Runner! (ôloco, chamei pra briga! hahaha)
    Abraço!

    Curtir

  2. 2001 x Blade Runner = Empate.
    Os dois são muito bons, mas os estilos são diferentes demais. Não dá para comparar. E poderia entrar na lista dos top 10, mas dos top 10 do mundo.
    Essa lista é a top 10 desse cara, então ta valendo 2001 sumir, pois é opinião dele; e direito a opinião pessoal é sagrado. Que Carl Sagan nos guie hoje e sempre, amem.

    Curtir

    • DB, tu disse tudo, é opinião minha mesmo e não uma cartilha imposta e que deve ser seguida. E concordo contigo sobre os estilos de direção diferentes (entre outras coisas) de 2001 e Blade Runner. Gracias pelo comentário. E, claro, que Carl Sagan nos guie hoje e sempre mesmo 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s