História em Quadrinhos

Superman: As Melhores Histórias em Quadrinhos

Superman é considerado o “primeiro super-herói”. Como personagem, talvez seja um dos 5 mais conhecidos “fora do mundo nerd sebento”. Superman, definitivamente, é icônico, especialmente icônico por representar muito bem um arquétipo – estou sendo bem junguiano aqui – que já está rodando aí na história da humanidade há muito, muito tempo: o messias, o esperado, o guia vindo de outro mundo, Krypton, para proteger a humanidade (embora a ideia original fosse muito mais proteger “o estilo de vida americano”, o que torço o nariz enorme que tenho, devo reconhecer). Pode até não ser, hoje em dia, o personagem preferido de muit@s, mas isso se deve, acredito, muito a certo “preconceito” com o personagem por ser “extremamente poderoso” e nada “realista” – como a idiotice de que o Universo Marvel é mais “realista” que o Universo DC, ok, como se a existência de Thor, o DEUS do trovão ou do Surfista Prateado fosse algo corriqueiro e absolutamente normal e bem realista. 

Como tod@ personagem, Superman é fruto de seu tempo – ainda que, para não me contradizer, seja uma releitura de um arquétipo para seu tempo – e por isso é fundamental, como elemento comercial que foi e é, diversas leituras e releituras; afinal, Superman foi criado por Jerry Siegel e Joe Shuster no ano de 1938. Acredito que, quanto ao Superman, duas releituras foram fundamentais para o personagem, mas não enquanto capacidade de atrair novos leitores apenas e aumento de vendas de HQ’s e encadernados, mas também do ponto de vista qualitativo.

Acho que existem três grandes releituras da criação de Shuster e Siegel, feitas por John Byrne na década de 1980 no pós Crise nas Infinitas Terras e duas releituras por um mesmo autor, Grant Morrisson, mais recentes e, na minha opinião, muito mais consistentes e ricas. Essas duas releituras (de Morrisson) é que são interessantes e, acredito, permitiram renovar para “os tempos atuais” o Superman e permitiram que o personagem seja ainda hoje um dos maiores e melhores personagens de HQ’s (assim como Batman – Ano Um, até hoje a melhor releitura da clássica origem do Batman). Mas que releituras foram essas, afinal de contas?

A minissérie especial “Grandes Astros: Superman”, ilustrada por Frank Quitely e a origem recontada do herói – embora deva dizer que não é bem uma recontagem da origem, mas sim uma “luz” em um ponto da trajetória do Superman – no Relaunch “DC New 52” na mensal “Action Comics”, ilustrada por Rags Morales – embora devo reconhecer que “Superman: o legado das estrelas” de Mark Waid seja uma excelente HQ e que, aparentemente, inspirou bastante o roteiro do próximo filme do Superman.

“Grandes Astros: Superman” é uma releitura realmente da história do personagem, “Action Comics” é a verdadeira inovação com o personagem como há muito eu não via ocorrer com qualquer personagem que seja (talvez a última tenha sido Os Supremos – volumes 1 e 2 da Marvel, uma das melhores HQ’s que já li). Nessa minissérie, Superman precisa mostrar porque é Super. Grant Morrisson não inova com o personagem, mas simplesmente permite com que a “desculpa esfarrapada” de que por ser tão poderoso seria quase impossível escrever boas histórias com o personagem vá para o espaço. Literalmente. “Grandes Astros Superman” me lembra muito o princípio da “jornada do herói” de Joseph Campbell, o que me estimulou ainda mais a ler e reler esse clássico das HQ’s que talvez seja, verdadeiramente, o melhor cartão de identificação do Superman para novos leitoras e novas leitoras. A cena na HQ na qual uma garota vai se suicidar e o Superman surge para conversar com ela é uma das páginas mais maravilhosas das histórias das histórias em quadrinhos pela sutileza da dinâmica da arte de Frank Quitely.

Em “Action Comics”, temos elementos clássicos ligados ao personagem (como ser repórter), mas numa dimensão muito diferenciada. Primeiro, este “Superman” usa calça jeans. Puta merda, é sério. Calça Jeans e Camiseta mesmo e um tênis. E uma capa, tudo muito surrado, assim como o personagem que ainda está desenvolvendo seus poderes, tem um senso de justiça social que nunca foi abordado dessa forma e meio pobretão, morando num cortiço mequetrefe. Quando li a primeira edição de Action Comics por Grant Morrisson e Rags Morales percebi de imediato que aquela série estaria seguramente entre as minhas 10 preferidas desde que leio HQ’s. 

Enquanto “Grandes Astros: Superman” é uma verdadeira homenagem ao Superman clássico, passeando por sua trajetória e nos presenteando com uma verdadeira odisseia ao longo de sua história, “Action Comics” como releitura do personagem é uma verdadeira inovação, como já ressaltei. E ao comparar “Action Comics” de Grant Morrisson e Rags Morales com o trabalho feito por John Byrne em Superman na década de 1980, fico até um pouco constrangido pelo abismo criativo envolvendo a qualidade de cada obra. E nem adianta dizer porque o trabalho de Byrne é da década de 1980, porque Batman – Ano Um também é da década de 1980 e nem por isso é “datado” e até hoje é a referencia máxima de origem do Batman e inovação do personagem.

Tanto “Grandes Astros: Superman” quanto “Action Comics” foram publicadas no Brasil. A última, inclusive, está em publicação pela editora Panini e será, aparentemente, uma das últimas HQ’s de super heróis que Grant Morrisson irá trabalhar – o que espero que não se confirme, até mesmo porque para 2013 será publicada a minissérie “Multiversity”. De toda forma, recomendo fortemente aqueles e aquelas que não “curtem” Superman a leitura de “Grandes Astros: Superman” (que virou, inclusive, animação) e a magistral “Action Comics”. São dois excelentes e primorosos trabalhos de Grant Morrisson.

Abaixo o trailer do filme “Superman: man of steel”, dirigido por Zack Snyder e produzido por Christopher Nolan e co-escrito por David Goyer, que estreará no ano que vem, 2013, e que vem gerando muita expectativa entre @s DCnautas de plantão.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Superman: As Melhores Histórias em Quadrinhos

  1. Pingback: Grant Morrison: Leituras de HQ’S Absolutamente Necessárias | Cabaré das Ideias

  2. Pingback: Superman: As Melhores Histórias em Quadrinhos | BlogBlog

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s