História em Quadrinhos

DC New 52 – Stormwatch rules!!!!

Desde que anunciaram o reboot da DC e, especialmente, quando foi anunciada uma HQ do Stormwatch, minhas esperanças quanto ao reboot aumentaram consideravelmente. Esse aumento de esperança foi extremamente qualitativo e a razão é relativamente simples: com a incorporação da Wildstorm pela DC e a reconfiguração de personagens e grupos de personagens na (nova) DC, nada mais natural que o houve de melhor na Wildstorm fosse devidamente tratado com toda pompa merecida. E estou me referindo ao antigo The Authority – do qual sou fã de carteirinha e leio e releio sempre os encadernados lançados no Brasil. A proposta de Paul Cornell e Miguel Sepulveda era retomar @s personagens do Authority com uma leve roupagem nova, mais adequada ao Universo DC. Mas a essência estava toda lá: Jack Hawksmoor (o rei das cidades, com um poder dos mais criativos nas histórias das histórias em quadrinhos), a Engenheira, Apolo & Meia Noite e Jenny Quantum (um dos bebês do século), mas acrescidos do Caçador de Marte (que combinou e muito, em minha opinião!). Ainda faltam Swift e o Doutor, mas em compensação fomos apresentados a Adam One, a Projecionista e ao Espadachim. E a dinâmica maluca natural do Authority permaneceu. E é o que importa!

Este Stormwatch continua a ser uma espécie de observatório meta humano cujo objetivo fundamental é proteger a Terra de ameaças “alternativas”. Neste primeiro arco de histórias, Paul Cornell nos apresentou o recrutamento de Apolo e de tabela de Meia Noite e, para não perder o costume, temos de tudo que é metafisicamente espetacular e maluco nas histórias deste (novo) Stormwatch: a lua querendo “destruir” a Terra, Adam One – líder do Stormwatch – sofrendo de desequilíbrios psíquicos, um agente infiltrado na equipe, muita luta das boas mesmo e o desenvolvimento d@s personagens de forma coerente. Uma das diferenças entre o Authority e este Stormwatch é sua nave. E, na edição #6 da revista Stormwatch, Paul Cornell apresentou a diferença significativa e, veja bem, gostei demais!!! Enquanto a Balsa era uma verdadeira amiga do Authority, a atual nave…bom, leiam a história!

Definitivamente, Stormwatch é uma das minhas revistas preferidas deste DC New 52, ao lado de Action Comics, Batwoman, Liga da Justiça Sombria e Lanterna Verde (algumas revistas não estou lendo, por vontade própria, como Homem Animal, Batman, Batman & Robin, entre outras, aguardando compra-las em encadernados). Inclusive, pretendo comprar o encardenado destas primeiras edições da revista do Stormwatch assim que sair pela DC. Caso ainda não tenha lido as edições do Stormwatch sugiro enfaticamente que inicie a leitura imediatamente – das seis primeiras edições – para apreciar uma excelente HQ de ficção científica. Para tanto, clique aqui e boa leitura e divertimento! E claro, não esquecendo que o trabalho de diagramação e tradução de algumas das HQ’s  foram feitas pelo pessoal do Darkseid Club, Tropa BR e Só Quadrinhos.

Anúncios

8 pensamentos sobre “DC New 52 – Stormwatch rules!!!!

    • Oi, Jean! As histórias do Authority, agora no reboot da DC apenas Stormwatch, são aquelas que o Caçador de Marte está incluído no grupo. Você pode comprar as HQ’s do Stormwatch pelo Comixology ou pelo próprio site da DC Comics ou comprar em banca de revista a HQ “Edge” que está sendo lançada pela Panini no Brasil. Abração e grato pela visita!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s