Music in the Space

O Melhor do Rock Progressivo

 

Peter Gabriel, primeiro vocalista do Genesis

Quando era um adolescente na ensolarada Cuiabá, comprei meus primeiros discos (os famosos bolachões de vinil) do Pink Floyd e Genesis. Gostei tanto das bandas que comecei a comprar mais discos e depois CD das bandas, mas um “cabeça nova” escuta as bandas e pensa: “ah, legal esse som, né?” E meio que fica nisso. Só mais tarde fui perceber que tanto Genesis quanto Pink Floyd (ambas bandas inglesas, coincidência tanta banda de rock inglesa boa? colocam algo na água ou é educação musical desde a educação básica e daí colhe-se, no futuro, esses louros auditivos?) “faziam” parte de um mo(vi)mento maior do rock nos idos anos 1960/1979: o rock progressivo. Alguns dizem que mais essa transformação do rock surgiu com os Beatles (na sua fase psicodelica e mais livre) e acho que tendo a concordar. Podia se acrescentar, tranquilamente, outras bandas a esse panteão do rock progressivo: Mutantes, Yes, King Crimson, Tangerina Dream (que por sinal introduziram o uso do sintetizador, algo fundamental no desenvolvimento do rock progressivo), Emerson, Lake & Palmer, Rush, etc.

Mas o que as caracterizava, em comum, essas bandas clássicas? Bom, de uma forma ou de outra, acredito que as composições longas com complexas e harmoniosas melodias eram uma base comum, além de uma forte influência do jazz fusion e de certa forma até da música clássica. Outro ponto em comum, além das longas composições e das heranças musicais, são os instrumentos musicais empregados e a forma como eram empregados: teclados e flauta, por exemplo, se somavam aos longos solos (guitarra, baixo e bateria) de cada membro das bandas (uma característica muito comum no jazz também, só escutar algum álbum do Miles Davis) e às letras permeadas de ficção científica ou fantasia medieval, por exemplo. Até mesmo alguns álbuns de bandas clássicas do rock progressivo eram tematizados. E, com o Gênesis, essa tematização tornou-se teatral mesmo, com performances do primeiro vocalista dignas de nossos Secos & Molhados (uma banda de rock progressivo? acho que sim!). Eu digo que para escrever, preciso de inspiração musical. Não vejo melhor celeiro de músicas para abastecer o espírito de um escritor do que o rock progressivo, ainda mais com o intuito de escrever ficção científica. Poderia citar “The Knife”, “Dancing with the Moonlit Knight” do Genesis, “Is There Anybody Out There” e “Shine on you Crazy Diamond” do Pink Floyd, “Tom Sawyer” do Rush, “Awaken” do Yes, entre tantas outras que poderia citar para inspirar, mas mais do que ler sobre elas, é melhor escutá-las.

Hoje o rock progressivo sobrevive, mas definitivamente seu auge foram as decadas de 1960/1970 e a primeira metade da decada de 1980. Garimpar bandas novas de Progressivo é uma luta, pois a indústria musical praticamente fechou essas portas nas últimas decadas, mas é claro que existe uma resistência. É possível escutar bandas como Radiohead, por exemplo,  e perceber ali uma grande influência das bandas clássicas de rock progressivo. Acredito até  que se hoje The Chemical Brothers ou Underworld têm suas legiões de fãs com trabalhos excelentes, muito se deve a essa experimentação musical que o rock progressivo implementou na música.  Eu poderia continuar a discorrer por mais e mais parágrafos sobre o rock progressivo e sua natureza musical única. Seria até fácil, mas vou poupar o leitor do Cabaré das Ideias e irei direto ao ponto. Meus álbuns preferidos do Pink Floyd são The Dark Side of the Moon e Wish You Were Here e do Genesis são Lamb Lies Down On Broadway e Selling England by the Pound(que não estão em uma ordem de preferência, já que é difícil fazer isto!) e algumas músicas que serão disponíveis através do Youtube. Apreciam sem moderação alguma!!!

Agora alguns vídeos para apreciadores e apreciadores do bom e velho rock progressivo! Começando com Dancing with the Moonlit Knight do Genesis e seguindo com Is There Anybody Out There do Pink Floyd, Tom Sawyer do Rush, Awaken do Yes e O Meu Refrigerador Não Funciona dos Mutantes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s