Gastronomia Nerd

Relato de um Capsaicinófilo: receita de pimenta dedo de moça condimentada com Azeite e Saquê

Em minha opinião existem comidas e comidas. E a diferença entre elas ocorre pela ausência ou presença de pimenta. E, se caso for e a pessoa aguentar, muita pimenta. Nítido comentário de alguém verdadeiramente fascinado por pimenta, um verdadeiro Capsaicinófilo. O prazer da pimenta deve-se a presença da capsaicina (por isso o Capsaicinófilo), o que permite maior ardência e estado picante e, segundo alguns, afrodisíaco ao se consumir pimenta.  É claro, também, que a paixão por pimenta varia de pessoa para pessoa. Há aqueles e aquelas que preferem pimenta em situações mais relax, consumindo apenas o famoso “caldinho” no almoço/jantar ou, no máximo, devorando pimenta biquinho num conjunto de aperitivos (com queijos, palmito, salame, etc). E há aqueles e aquelas que apreciam mergulhar de ponta no consumo da pimenta: “sem medo de ser feliz” . Esse mergulho envolve colocar duas, três ou quatro (até cinco ou mais) pimentas malaguetas, por exemplo, no prato do almoço ou do jantar. E com uma naturalidade monumental. Porque se não existe naturalidade, bom sujeito não é, diria o Filósofo.

Pimentas para todos os gostos!!

Comecei a gostar realmente de pimenta lá pelos 18/20 anos. Antes tinha um certo temor. Encarava somente o famoso “caldinho”. Me lembro que num um belo dia, enquanto me servia o almoço, arrisquei-me a colocar uma malagueta (isso mesmo, apenas 1 pimenta) no prato e ver qual era. Claro, havia um belo copo d’agua ao lado para qualquer emergência. E a experiência foi extasiante. Desde esse período, antes de entrar na faculdade, me enveredei por conhecer cada vez mais essa realidade extasiante que a pimenta proporciona numa boa comida. Passei até mesmo a beber Bloody Mary apenas e tão somente porque sabia que havia pimenta (no caso moída) na bebida feita a base de suco de tomate e vodka. Molho de pimenta para comer salgado ou algum sandwiche é item obrigatório. E até pão de queijo, desculpem-me os mineiros conservadores. Mas esse período de descoberta esbarrou na “chamada de atenção” de um tio, mais experiente no “caminho da pimenta”: pimenta do reino, não! faz um baita dum mal ao coração!”. Conselho dado foi conselho seguido e passei, então, a não me envolver mais com pimenta do reino.

Vai encarar?

Viajando pelo Brasil durante essa longa fase de estudos, sempre fiz questão de conhecer as “pimentas locais”. De todos os tipos e sabores. Mas quem é dona de meu coração é a pimenta dedo-de-moça. Pela Força! Seu sabor é estonteante. E, descobri com o tempo, esse mesmo sabor estonteante pode ficar melhor e mais divino ainda e isso graças a prática de “curtir” pimenta. Curtir, no caso, é preparar a pimenta. Superar a barreira de um simples consumidor de pimenta para um produtor/consumidor foi algo de se orgulhar. Hoje, compro pimentas já condimentadas, mas somente com o tradicional vinagre e sal. É algo bem instrumental. Comparativamente, é como se um apreciador de vinho só pudesse beber um tipo de vinho. Verdade seja dita: eu gosto e muito de preparar minhas próprias pimentas.

E minhas pimentas são preparadas, em geral, incorporando algumas bebidas. Vou até dividir a receita de minha última “curtição”!

Dedo de Moça com Saquê!

Primeiramente, para essa receita de pimenta condimentada, uma pergunta: gosta de bebida alcoolica?

A pergunta é importante porque para essa receita é fundamental a bebida alcoolica. Não precisa necessariamente ser Saquê, mas pode ser Uísque ou Cachaça. O resultado final do sabor será um pouco diferente, mas o sabor agregado da bebida fará uma diferença para melhor.  Então, caso incorpore o Saquê (Uísque ou Cachaça), vamos à obra! Ok, não dei muita alternativa para quem não incorpora bebida alcoolica neste caso, mas prometo escrever um outro post com receita de pimenta condimentada sem nenhuma bebida.

Vamos lá! Aos ingredientes:

– 10 pimentas dedo de moça;

– 2 tomates cortados em cubos;

– 01 cebola cortada em rodelas;

– 04 dentes de alho cortados em fatias pequenas;

– 250 ml de Saquê,

– 350 ml de Azeite de Oliva Extra-Virgem;

– 100 ml de Vinagre de Laranja ou Maçã;

– 02 colheres de chá de sal marinho;

– 01 vidro de 08 cm de altura esterilizado;

– 01 colher de chá de mel de abelhas puro.

Certo: lave as pimentas e só depois de secas vai começar de verdade a brincadeira. Retire  as sementes das pimentas, cortando as pimentas ao meio. Estou sugerindo que retire as sementes, porque se na ausência das sementes “o bicho pega”, imagina com as sementes. Use, se possível, uma luva de plástico para ir retirando as sementes das pimentas, caso não faça isto, pode acabar sofrendo queimaduras nas mãos. Feita a retirada de sementes das pimentas dedo-de-moça, vá preenchendo o vidro com as rodelas de cebola, os dentes de alho e os tomates em cubos. Feita uma primeira camada de cebola, tomate e alho, acrescente duas pimentas dedo de moça, depois acrescente um pouco do azeite, do saquê e do vinagre. Vá repetindo esse processo até acabar os ingredientes. Acrescente o mel apenas ao final. Por fim, use um amassador para empurrar e misturar todos os condimentos e pimentas no vidro. Está feito! Fácil, não? Aqui um link para uma matéria do Estadao sobre produtores e tipos de pimentas.

Agora quanto tempo até consumir essas pimentas maravilhas?

Geralmente resisto de duas a seis semanas. Mais que isso, em minha opinião, é desumano. Portanto, tirando uma média, com vinte dias sua pimenta dedo de moça condimentada com Saquê vai estar prontíssima para consumo e êxtase culinário!

Anúncios

3 pensamentos sobre “Relato de um Capsaicinófilo: receita de pimenta dedo de moça condimentada com Azeite e Saquê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s