Realidade Overpower

Não consegue entender a namorada? Seus “pobrema se acabaram”!

Quem tem relacionamento sério (namoro, casamento, “juntamento”, etc) sabe que não é lá muito fácil saber o rumo que uma prosa pode levar ou a falta de algo (que você nem sabia que era importante até hoje) pode desencadear perversamente. Viver com alguém, nesta chamada pós modernidade ou sei lá o que, é complicado e mais complicado ainda é entender as múltiplas variáveis que existem ao mesmo tempo sobre as mentes humanas, especialmente as femininas. É, este post é do ponto de vista masculino. A mulher é mais complexa que o homem, não tenho a menor dúvida quanto a isto. Desde o modo de observar e interagir com a realidade, é mais intuitiva, tem mais sutileza e é, na maioria das vezes, mais acolhedora. O homem? bom, eu sou da opinião que o homem é naturalmente bronco e sua complexidade tem um nível baixissimo, em parte devido a sua racionalidade dura. Essa percepção dos gêneros nada tem a ver com limitações, ou seja, tanto homens quanto mulheres são seres complexos e não são padronizados, existindo mais ou menos de tal caracteristica, conforme a variação das pessoas neste mundo.

Mas sim, acredito que as mulheres tem uma tendência a complexificação mais sofisticada. E por isso tem as chamadas fases. É, cara pálida, e para as fases só existem dois “remédios”: chocolate (nunca esquecer) e paciência. Acabou um, tenha outro em mãos. Caso não tenha, sentirá os efeitos perversos de sua total falta de atenção. Pode acreditar, cara pálida, conte seus relacionamentos e faça uma análise de regressão, está lá: uma mesma mulher pode ser várias.

Assustador, não? Eu, ao menos, ficava assustado e demorei muito (alguns tantos relacionamentos) para aprender a como reagir melhor. E a melhor forma de aprender a sobre como viver com a mulher que pode e é várias, foi assistir a esse vídeo do quadro de Evandro Mesquisa e Fernanda Torres – “Sexo Oposto” – do Fantástico. Ri tanto e fiquei tão extasiado que parecia ter descoberto uma “mina de ouro”.

Esse vídeo (logo abaixo) acabou se tornando uma espécie de “mapa do caminho”. Somei o vídeo ao sagrado chocolate e a paciência como instrumentos fundamentais para se relacionar bem com a namorada, esposa, amante, “juntante”, etc. Ainda bem. O mundo seria menos interessante sem essa diversidade feminina em cada mulher.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Não consegue entender a namorada? Seus “pobrema se acabaram”!

  1. Pingback: Tweets that mention Não consegue entender a namorada? Seus “pobrema se acabaram”! « Cabaré das Ideias -- Topsy.com

  2. Dei muitas risadas com o vídeo,e vejo que muitas coisas retratadas acontecem..hehe (inclusive comigo)… Mas não pude deixar de questionar : será que isso é um retrato da mulher contemporânea ocidental ou poderia se aplicar a todas? Por que se o argumento é a questão biológica deveria ser aplicável aqui, no Sudão, na Melanésia, em Tangamandápio…hehahue… mas será que é bem assim ?
    De fato muito engraçado e muito real esse comportamento feminino. Mas será mesmo que é uma questão biológica? E a questão cultural ?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s