Cinema e afins

Cráçico do cinema de terror: Amityville horror II: the possetion

Alguns filmes de terror povoaram minha infância e adolescência. O Exorcista, é claro, foi um deles. Talvez o maior. E toda vez que eu reassisto (comprei o DVD justamente por esse misto de temor e fascínio que tenho por esse filme) eu respeito um pouco mais essa produção. Sim, tudo: trilha sonora, interpretação dos principais atores e atrizes, direção, figurino, efeitos especiais que dão show em muito filmeco de dito terror de hoje em dia, etc. Mas não é sobre O Exorcista que escreverei esse post. É sobre outra pérola do gênero. Trata-se de Amityville horror II: the possetion. Não me lembro exatamente como foi chamado aqui no Brasil esse filme. Se não é engano meu foi Horror em Amityville. Passava no SBT no domingo, depois do Programa do Silvio Santos. Se a história é verdadeira ou não, não me interessa muito, mas o filme tem uma pegada de suspense e terror que é o que faz valer a pena vê-lo. E foi o que fiz várias e várias vezes.

Tudo naquela história me impressionava. Aquele cenário fantasmagórico daquela casa (fico sempre tentado a pensar que metade dos Estados Unidos devem ser assombrados, se a referência de arquitetura das casas mostradas nos filmes se mostrar verdade), a própria família que residiu nesta casa em Amityville num curto e tenebroso período e o desfecho trágico com a morte de todos os membros da família. Entretanto, duas coisas me fizeram ter a memória sempre aquecida para esse filme: o processo de transformação demoníaca de Sonny (era este a grafia correta do nome do infeliz?) e quando o mesmo seduz a irmã. Caramba, eu tinha uns dez ou doze anos quando vi esse filme pela primeira vez. Tudo muito doentio.E maluco para um guri. Pior que nem podia dividir a angústia deste filme com ninguém, minha mãe até considerava um absurdo uma criança se deter na frente da televisão para ver algo deste gênero.

E o tempo passou e esse filme deixou de passar no SBT. Foi uma lástima. Sentia um certo conforto de saber que sempre reprisaria e os anunciantes do ‘Cinema em Casa” diriam “Pela primeira vez na televisão” na mais pura e boa lorota, já que este e outros cráçicos passavam, por semestre, as vezes umas quatro vezes na tv. Tudo bem, fiquei procurando nas videolocadoras da vida e ia sempre reassistindo. Mas chegou um dia que não conseguia mais encontrar esse diabo de filme (olha o trocadilho). Anos se passaram e apelei para o bom e velho youtube.

E não é que achei.

Reassisti enquanto escrevo minha tese. Acho que o terror de escrever a tese pode equilibrar o terror fantasmagórico do próprio filme hehehehe. Mas está aí. Selecionei os videos no youtube e deixarei agregados aqui no Cabaré das Ideias para outr@s interessad@s que possam existir. Só tem uma questão: está em ingreis. Mas quem já fez algum curso de ingreis capivarara com Seu Creysson vai tirar de letra.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Cráçico do cinema de terror: Amityville horror II: the possetion

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s